2018 começa e a vida segue, sonhos realizados, sonhos aguardados, decepções, alegrias e a certeza de que estamos vivos num mundo de pessoas que querem correr além do ponteiro do relógio.

Menos se pensa no sentido da vida e menos se sente, menos se vive, e nesse mais que se busca, no mais que se tem, mais longe se fica de compreender se é possível de fato entender qual é o sentido da vida!

Mudanças na previdência ocorrerão sim, e sempre existirão mudanças em todos os sentidos de nossas vidas, será esse o sentido da vida? perceber as mudanças e ou aguardar receber da previdência para então começar a viver o que se sonha? ou buscar viver o que se sonha nesse instante enquanto se deixa esquecido que talvez um dia você irá receberá alguma previdência e nadar junto com as mudanças.

A previdência Divina já está nos pagando desde o dia que nascemos, mas como tudo que é abundante , temos dificuldade em perceber nossa maior riqueza que é a vida ou melhor dizendo o sentido da vida, e como o fácil se torna difícil, pois o ponteiro do relógio nos cega fazendo apenas perceber que o passado passou e o futuro ainda virá e o instante mais essencial, o presente, o segundo aqui agora que é a vida real, fica anulada.

O sentido da vida tem tudo haver com os nossos sentidos, mas não são eles que nos faz compreender o sentido da vida…

Vou tentar explicar melhor, nesses últimos tempos vendo meus amigos do parapente em Arraial D’juda, o mestre do voo livre Ivan Bla Belotti voar, decidi vencer a barreira do meu medo e sentir essa sensação, o voo de parapente.

Eu posso falar pra você tudo sobre o voo livre, mas tudo que eu falar irá conter conteúdo meu, e por mais que eu me expresse bem você nunca irá sentir o que é o voo livre se apenas eu falar e você escutar, você terá sim que voar. Se você ver alguém voando irá ter a sua percepção do ângulo que você vê, mas nunca o angulo e a percepção de quem está voando, todos os órgãos do sentido não são capazes de fazer você sentir o que é o voo livre, você tem que viver essa sensação , ter essa experiência para sentir o que é o voo, assim como é o sentido da vida, não tem como eu tentar te falar o que é o sentido da vida, pois não temos maneiras de fazer isso a não ser sentido a vida no que acontece nesse exato instante, nesse exato momento, pois todo texto anterior já é passado e as próximos linhas já serão futuro, e o sentido da vida é justamente você perceber que tudo acontece ou não no aqui e no agora e nas mudanças alegres e tristes, o voo de parapente assim como a vida é todo dia único, nunca um voo será igual ao outro, todas as variáveis do tempo não permitem repetição, e você nunca será o mesmo de ontem e tão pouco o mesmo amanhã.

A vida fica fácil e leve se você se sentir que está vivo agora, talvez esse seja o sentido da vida, mas isso é percepção minha, você terá sim que voar sua vida para deixar seus órgãos do sentido sentir o que a previdência Divina nos da em abundância a todo instante enquanto você respira a vida.

Esse vvo da vida acontece agora, e todos que estão vivos ao seu redor também estão voando, não espere que a vida ocorra sem mudanças, elas acontecem a cada segundo, não fique com receio do seu voo, pois quer queira ou não você já está voando desde o seu parto e quanto mais você se permitir sentir mais gostoso será curtir a previdência Divina, pois a Previdência Social to achando difícil de poder curtir um dia.

Davi U. Vidigal
Palestras de Motivação
 www.vivavoce.com.br